Pai mata filho de 4 anos e se suicida em Matelândia

O pai Clodoaldo Berlanda de aproximadamente 35 anos atentou contra a vida do filho Gabriel de apenas quatro anos de idade e em seguida, também com um tiro de revólver se suicidou.

Familiares sentiram falta de Clodoaldo e da criança por volta das 19:00h de ontem (22), hoje (23) pela manhã por volta das 10:00h, populares avistaram um veículo Vectra GT de cor preta, placas ETX 1082 que era usado pelo Clodoaldo nas imediações da comunidade do Alto Barreirão, interior de Matelândia. No interior do veículo, avistaram os corpos sem vida do pai e do filho e comunicaram à Polícia Civil de Matelândia que cuida do caso.

Informações preliminares apontam para um tiro certeiro na cabeça da criança e outro na cabeça do pai.

Os corpos foram enviados agora à tarde para o IML de Cascavel onde passarão por Necrópsia e em seguida serão liberados para o velório que acontecerá em Matelândia, a princípio na Casa Mortuária.

Familiares da criança por parte da mãe não estariam aceitando o velório dos dois corpos no mesmo local.

Familiares e voluntários tentam contornar a situação que está tensa entre as famílias.

Uma pessoa próxima da família informou que o pai Clodoaldo, conhecido como Godo sofria de depressão já há algum tempo e que teria deixado carta para sua mãe e enviado torpedos para mãe do menino (Flaviane De Carli)  avisando que cometeria a barbárie, segundo a fonte, “Godo” enviou torpedos para mãe da criança dizendo que estaria matando o filho e em seguida se suicidando.

O fato chocou a comunidade de Matelândia e região.

O enterro dos corpos deverá acontecer amanhã pela manhã no cemitério de Matelândia.

Notícias recentes

Compartilhar